Orientadora: Ana Helena Braga Pires

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Larissa Giraudo da Silva

Introdução: Tendo em vista a relevância do tratamento equoterápico na reabilitação de pessoas com deficiência, procuramos, com este estudo, contribuir para o aprofundamento sobre o assunto para a sociedade e, principalmente, para ressaltar a contribuição da Equoterapia no padrão motor dos praticantes dessa modalidade terapêutica. Objetivo: Avaliar o desenvolvimento motor dos praticantes do Centro de Equoterapia Dragões do Rio Grande de São Luiz Gonzaga. Metodologia: Este estudo é de caráter transversal. A amostra será composta por praticantes de Equoterapia, e pelos pais ou responsáveis por estes indivíduos. A pesquisa será desenvolvida no Centro de Equoterapia Dragões do Rio Grande- SLG - RS. Serão incluídos no estudo, todos os praticantes portadores de deficiência neurológica, devidamente cadastrados no Centro de Equaterapia, com idade cronológica entre dois e 20 anos, que apresentem ortostatismo independente, sem al­terações cognitivas graves, sem comprometimento visual ou auditivo, de ambos os sexos, que tenham frequentado no mínimo 12 sessões de Equoterapia. Serão excluídos do estudo, os participantes que ultrapassarem 11 anos na idade motora geral, pois a Escala de Desenvolvimento Motor preconiza como idade motora até 11 anos de idade. Será realizado o preenchimento da Ficha de Avaliação pelos pais ou responsáveis, constando os dados de identificação, e questões referentes à prática da Equoterapia. O instrumento utilizado para avaliar o desenvolvimento motor dos praticantes será o Protocolo de+A1:E15 testes da Escala de Desenvolvimento Motor (EDM). Os dados serão descritos através de proporções e porcentagens, média (desvio padrão) e mediana (intervalo interquartil), conforme distribuição das variáveis. Este projeto segue as normas do CNS Resolução 466/12, foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa para apreciação ética e foi aprovado e apresenta o CAAE: 43194515.0.0000.5354. Resultados Esperados: Esperamos que os praticantes de equoterapia do Centro de Equoterapia Dragões do Rio Grande de São Luiz Gonzaga - RS tenham atraso neuropsicomotor, que eles sejam caracterizados quanto à idade, o sexo, o diagnostico clinico e tempo de pratica de equoterapia e se realizam outro tipo de tratamento.

 

Orientador: Bruno Costa Teixeira

Programa: PIBIC/CNPq

Bolsista: Gabriel Mollmann Martins

O sistema purinérgico está intimamente ligado nos processos fisiopatológicos de algumas doenças, evitando a desregularização compostos como Adenosina (ADO), Trifosfato de adenosina (ATP), Adenosina Monofosfato (AMP), Difosfato de adenosina (ADP), p-Nph-5-TMP. Entretanto, na literatura, sabe-se que o treinamento físico, em modelo experimental, já é descrito como um possível modulador de atividade ectonucleotidásica alterando as concentrações de ATP, ADP, AMP e adenosina, alterando a sinalização extracelular purinérgica e assim podendo influenciar processos fisiopatológicos. Sabendo disso, é capaz de haver modificação e correlação entre o sistema purinérico com um protocolo de treinamento de força em indivíduos sedentários por 12 semanas.

 

Orientador: Bruno Costa Teixeira

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Wilson Marques Macedo

Podemos citar doenças como osteoporose, doenças cardiovasculares, e atrofias do tecido genital como resultado da diminuição de estrogênio. A transição para a menopausa (Peri menopausa) além de contribuir para maiores concentrações de Triglicerídeos (TG), Lipoproteina de baixa densidade (LDL) e marcadores inflamatórios, também aumenta o excesso de EROS (Espécies reativas de oxigênio) podendo desencadear estresse oxidativo (OS) que resulta em danos a proteínas e lipídeos de membrana, lizando à estrutura de DNA e iniciando um processo inflamatório associado ao aparecimento de diversas doenças como aterosclerose. O treinamento intervalado aparenta aumentar a utilização de glicose circulante através da acentuação dos receptores de GLUT 4, diminuição do uso do glicogênio muscular armazenado e maior oxidação de gordura. O objetivo deste estudo é analisar o efeito subagudo dos exercícios intervalados de alta e moderada intensidade sobre as concentrações plasmáticas pós-prandiais de TG e OS em mulheres pósmenopáusicas. O presente estudo é caracterizado como um quase experimental transversal e a amostra será não probabilística voluntária, sendo composta por 14 mulheres pós-menopáusicas com até 70 anos de idade sem contato com treinamento físico por no mínimo 6 meses, que não apresentem complicações metabólicas e ortopédicas, não sejam fumantes e que não façam o uso medicamentos que possam interferir nas variáveis do estudo. O projeto foi aprovado pelo CEP campus Santiago com protocolo 2.314.344. O estudo traz como hipótese que o exercício de alta intensidade é mais efetivo na redução plasmática de triglicerídeos e melhora dos marcadores de estresse oxidativo de mulheres pós-menopáusicas submetidas a RH, quando comparado com o protocolo de moderada intensidade. Neste sentido, entende-se que este achado trará uma grande contribuição para a saúde humana, trazendo o entendimento do melhor tipo de exercício para redução de riscos de doenças cardiovasculares e estresse oxidativo.

 

Orientadora: Cinara Dal Santo Pes

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Débora Morais Garay

A Avaliação Institucional, caracteriza-se por uma busca constante de evolução, enquanto processo, construindo um diagnóstico da realidade contextual da Universidade Comunitária, define-se, ainda, enquanto prática permanente de leitura, análise e reflexão crítica, objetivando o aperfeiçoamento de suas funções de ensino, pesquisa e extensão. Neste sentido, o processo da Avaliação Institucional caracteriza-se por ser um instrumento primordial à disposição da gestão acadêmica, o qual permite visualizar a Instituição como um todo, compreendendo a realidade atual e mapeando os elementos a serem qualificados. Os integrantes da comunidade acadêmica e da comunidade externa acompanham continuamente as atividades e implementação de mudanças necessárias à Universidade. Nessa perspectiva, os resultados da Avaliação Institucional constituem-se em elementos norteadores para decisões e ações a serem desenvolvidas pela Instituição de Ensino Superior, visando o aprimoramento dos aspectos teórico-metodológicos e do processo de formação profissional. Entende-se que a quantidade de informações coletadas no processo de avaliação dos curso de graduação da URI, ao longo dos anos, demanda estudos e análises para os quais um projeto de pesquisa pode contribuir significativamente. Assim, entende-se que o presente projeto configura importante contribuição, haja visto que pode oferecer para uma compreensão da evolução da qualidade dos processos de avaliação de cursos vivenciados e dos serviços prestados pela URI, tomando como base os Relatório de Avaliação emitidos após as visitas in loco de avaliadores designados pelo INEP, no arco de seis anos (2013 a 2017). A pesquisa em questão caracteriza-se como sendo de caráter descritivo e analítico e adotará como procedimento metodológico básico o estudo dos referenciais teóricos, a análise documental dos subsídios, relatórios e textos institucionais produzidos,+A1:E15 refazendo a memória do processo de Avaliação institucional da URI. Prevê-se também, a análise de planos e programas que projetam novas perspectivas para o processo. Os resultados desta pesquisa poderão servir de suporte para a URI- câmpus de São Luiz Gonzaga, revisar seu planejamento, estabelecendo novos planos de ação que venham atender às demandas solicitadas pelo conjunto de cursos que participaram do processo avaliativo no período estabelecido. Espera-se, também, fortalecer a cultura da avaliação e a ampliação do fluxo contínuo das informações sobre a instituição, visando mudanças e melhorias na qualidade da educação superior e dos serviços prestados pela mesma.

 

Orientadora: Cristiane Menna Barreto Azambuja

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Ariane Vargas Padilha

O presente projeto de pesquisa visa estudar a figura de Rui Barbosa. Cuida-se de personagem de grande destaque no cenário nacional, patrono dos advogados brasileiros e que, por isso, merece sempre destaque. Dentro do grande tema, a ideia é abordar a contribuição de Rui Barbosa para a literatura jurídica brasileira. Isso porque sabe-se que, além de seu aporte para a elaboração do texto da Constituição brasileira de 1891, a primeira republicana, Rui, um exímio estudioso, também se destacou pela sua contribuição para a literatura jurídica. Possível citar, a título de exemplo, as obras clássicas “Oração aos Moços”, “O Dever do Advogado” e “A Imprensa e o Dever da Verdade”. O que levou Rui Barbosa à notoriedade? Por que continua sendo uma figura sempre lembrada, mesmo após quase cem anos de sua morte? O que as suas obras significaram à época em que foram escritas? Que tipo de alcance e significado suas obras permanecem tendo nos dias de hoje? Que colaboração seus livros podem ofertar aos acadêmicos de Direito da atualidade? O método de pesquisa será preponderantemente o histórico e o comparativo, ao resgatar o legado de Rui Barbosa para a literatura jurídica brasileira, assim como ao relacionar o conteúdo de suas obras com a realidade da época e da atualidade. O resultado esperado é que a pesquisadora tenha seus conhecimentos aperfeiçoados e que possa contribuir para a disseminação da importância de Rui Barbosa para a literatura jurídica brasileira. Ao revitalizar obras antigas, ainda, busca-se demonstrar a relevância dos textos clássicos aos acadêmicos do Direito, frutos de uma geração imediatista e futurista.

 

Orientador: Jean Lucas Poppe

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Taffarel de Oliveira Fontela

A prática de atividade física é recomendada por profissionais da área da saúde como uma maneira de promover condições de vida mais saudáveis. No entanto, maus hábitos alimentares e atividades físicas desenvolvidas de maneira incorreta podem resultar em lesões musculoesqueléticas e articulares, gerando um resultado inverso ao desejado. Assim, o desenvolvimento deste projeto objetiva descrever qualitativamente a população fisicamente ativa no município de São Luiz Gonzaga, indicando as ações que estimulam a prática de atividade física no município e os efeitos que estas ações podem gerar sobre a saúde pública local. Os objetivos serão alcançados através de aplicação de um questionário e da interpretação das respostas por com auxílio de métodos estatísticos. Portanto, o desenvolvimento deste projeto fornecerá informações que poderão contribuir para a melhoria das estratégias de saúde pública desenvolvidas em São Luiz Gonzaga e, consequentemente, para a melhoria dos índices de saúde pública local, a curto e longo prazo.

 

Orientador: Jean Lucas Poppe

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Rosiel Camargo Souza

No atual cenário de degradação ambiental do nosso planeta, o desenvolvimento de ações de educação ambiental está diretamente envolvido com o progresso socioeconômico de uma localidade, uma vez que os pilares básicos da Sustentabilidade são a integração entre meio ambiente, sociedade, economia e tecnologia. Assim, o presente projeto objetiva diagnosticar a realidade dos processos de educação ambiental em São Luiz Gonzaga, considerando as atividades realizadas pelos órgãos gestores do município e a participação de recursos tecnológicos nestes processos. Através da divulgação dos resultados, espera-se sensibilizar a comunidade local da importância da adoção de ações sustentáveis e, também, propor ações complementares de educação ambiental e sustentabilidade a serem implementadas no município de São Luiz Gonzaga. Além disso, este projeto visa expor a viabilidade de incorporação de tecnologias de comunicação (QR code) em eventos universitários.

 

Orientadora: Juliana Bedin Grando

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Valeska Brandão Birck

O sistema carcerário brasileiro tem sido palco de diferentes formas de violações de direitos humanos, fato que demonstra a inoperância do Estado em resguardar os direitos dos aprisionados. Alguns destes casos ganharam repercussão acentuada, visto a gravidade da situação intramuros, como, por exemplo, o Presídio Central localizado em Porto Alegre/RS. Este exemplo incidiu em acionamento do Sistema Interamericano Direitos Humanos (SIDH), localizada em São José da Costa Rica e do qual o Brasil é signatário de tratado, submetendo- se à sua jurisdição. Frente a isto, o presente projeto de pesquisa destina-se a estudar a formação e funcionalidade SIDH em casos de violação de direitos humanos no sistema carcerário, buscando-se, para tanto, estabelecer um estudo do caso do Presídio Central que se encontra em tramitação perante à Corte. A escolha da temática deu-se pela necessidade de se verificar a situação do país perante as convenções e tratados, bem como da gama extensa de legislações internas que asseguram direitos a todos, não se podendo restringi-los ante o fato de um recolhimento penal, que deveria apenas suspender o direito de liberdade. Ademais, a pesquisa se justifica pela relevância social do tema e pelo desenvolvimento de uma pesquisa interdisciplinar entre o direito, direito internacional, sociologia e políticas públicas, de modo a contribuir com uma análise focalizada e comparativa dos procedimentos adotadas pelo SIDH, buscando-se estabelecer possíveis caminhos para que não ocorram violações de direitos humanos no sistema carcerário brasileiro. Justifica-se, ainda, pela possibilidade de que a Universidade produza contribuições sociais, estabelecendo sua vinculação com a sociedade e oportunizando uma ligação entre a academia, a sociedade e o Poder Público. A pesquisa adota os procedimentos metodológicos de uma pesquisa histórico documental (THOMPSON, 2002), pelo método qualitativo (CRESWELL, 2010). Para tanto, utiliza-se da definição de pesquisa qualitativa de Minayo (2009), na qual busca-se analisar os significados e os motivos daquilo que vai além da simples quantificação. Observa-se, desse modo, o procedimento inicial de revisão bibliográfica da temática dos direitos humanos e a criação dos Sistemas Regionais, estabelecendo-se um estudo especifico do Sistema Interamericano de Direitos Humanos. Após, realizar-se-á um levantamento de dados acerca dos casos postos em debate no SIDH no período compreendido entre 1998 a 2018, sobre a temática dos presídios, e quais destes são vinculados ao Brasil, conforme Bardin (2011). A partir deste levantamento geral dos dados, realizar-se- á um complementar, objetivando-se estudar o caso específico do Presídio Central (Porto Alegre/RS). A contar desta etapa, utilizar-se-á do método para analisar os casos e aferir as semelhanças e/ou diferenças entre ambos, através de uma análise de conteúdo, objetivando-se verificar se existem medidas impostas, suas efetivações e possíveis desdobramentos do caso.

 

Orientadora: Lizandra Andrade Nascimento

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Sabrina Burin

O Projeto A Acessibilidade na URI - São Luiz Gonzaga - Por uma Universidade Acessível a Todos articula-se ao Programa Institucional de Inclusão e Acessibilidade, que tem como principal objetivo apontar as condições necessárias para garantir o acesso e a permanência de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento (TGD) e altas habilidades/superdotação na instituição, e, desenvolve as atividades dos Planos de Trabalho em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da URI - São Luiz Gonzaga. O objetivo primordial do projeto é analisar as condições de acesso das pessoas com deficiência à Universidade, compreendendo a realidade e os desafios para a implementação e a otimização de políticas públicas de acessibilidade e educação inclusiva. A metodologia utilizada contempla a análise da realidade, a busca de informações junto aos setores da instituição, em especial da Secretaria Acadêmica, SAE, RH e Núcleo de Acessibilidade. Tendo em vista o propósito de conhecer as percepções dos distintos segmentos da comunidade acadêmica - Gestores, Docentes, Funcionários Técnico-Administrativos e Acadêmicos, serão aplicados questionários sobre a inclusão da pessoa com deficiência no Ensino Superior. Como resultado, esperamos ampliar o entendimento a respeito dos avanços e os desafios para a consolidação do processo inclusivo na Universidade. A partir desta abordagem, almejamos cooperar para a construção de estratégias para intensificar as discussões sobre a acessibilidade, a fim de que nos indivíduos apropriem-se dos significados e das exigências implícitas no processo inclusivo. Além disso, pretendemos demonstrar que a acessibilidade vai além dos aspectos arquitetônicos, abrangendo questões como as tecnologias, a mobilidade urbana, as metodologias, e, em especial, o fator atitudinal. A operacionalização do projeto constitui-se como uma iniciativa relevante, contribuindo efetivamente para que a URI-SLG torne-se, cada vez mais, acessível a TODOS.

 

Orientadora: Lizandra Andrade Nascimento

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Fernanda Marques Grings

O Projeto A Acessibilidade na URI - São Luiz Gonzaga - Por uma Universidade Acessível a Todos articula-se ao Programa Institucional de Inclusão e Acessibilidade, que tem como principal objetivo apontar as condições necessárias para garantir o acesso e a permanência de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento (TGD) e altas habilidades/superdotação na instituição, e, desenvolve as atividades dos Planos de Trabalho em parceria com o Núcleo de Acessibilidade da URI - São Luiz Gonzaga. O objetivo primordial do projeto é analisar as condições de acesso das pessoas com deficiência à Universidade, compreendendo a realidade e os desafios para a implementação e a otimização de políticas públicas de acessibilidade e educação inclusiva. A metodologia utilizada contempla a análise da realidade, a busca de informações junto aos setores da instituição, em especial da Secretaria Acadêmica, SAE, RH e Núcleo de Acessibilidade. Tendo em vista o propósito de conhecer as percepções dos distintos segmentos da comunidade acadêmica - Gestores, Docentes, Funcionários Técnico-Administrativos e Acadêmicos, serão aplicados questionários sobre a inclusão da pessoa com deficiência no Ensino Superior. Como resultado, esperamos ampliar o entendimento a respeito dos avanços e os desafios para a consolidação do processo inclusivo na Universidade. A partir desta abordagem, almejamos cooperar para a construção de estratégias para intensificar as discussões sobre a acessibilidade, a fim de que nos indivíduos apropriem-se dos significados e das exigências implícitas no processo inclusivo. Além disso, pretendemos demonstrar que a acessibilidade vai além dos aspectos arquitetônicos, abrangendo questões como as tecnologias, a mobilidade urbana, as metodologias, e, em especial, o fator atitudinal. A operacionalização do projeto constitui-se como uma iniciativa relevante, contribuindo efetivamente para que a URI-SLG torne-se, cada vez mais, acessível a TODOS.

 

Orientadora: Lizandra Andrade Nascimento

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Yasmin Burin

O Projeto intitulado Perfil de Liderança e Cultura Organizacional - Ponderações sobre o Papel da Universidade na Formação de Líderes aborda a questão da liderança e tem como objetivo primordial investigar o perfil de liderança e cultura organizacional predominantes no contexto de São Luiz Gonzaga, indagando sobre o papel da formação acadêmica no desenvolvimento da capacidade de liderar. A metodologia contempla a pesquisa bibliográfica acerca da liderança e da cultura organizacional, bem como, a aplicação de questionário adaptado de Felício et al. (2007), para conhecer as percepções de colaboradores e de gestores de empresas de São Luiz Gonzaga, a partir das quais pode-se compreender o perfil dos líderes e caracterizar a cultura organizacional vivenciada neste contexto. Por meio desse estudo, esperamos obter resultados como a ampliação de conhecimentos a respeito do fenômeno da liderança, conhecendo as diferentes concepções e demandas da assunção do papel de líder no contexto atual; o estabelecimento da relação entre liderança e cultura, indicando que a formação de novos líderes implica em transformações nos padrões culturais. Por fim, almejamos analisar estratégias viáveis para a formação de líderes no Ensino Superior, enfatizando o papel da Universidade no despertar da capacidade de liderança. Dessa maneira, buscamos evidenciar que a formação acadêmica não se restringe a capacitação técnico-científica, envolvendo, também, os aspectos ético-políticos e socioculturais.

 

Orientador: Roberto Carlos Dalongaro

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Gildimar de Oliveira Ramos

Com a interferência do investimento pesado em marketing e propaganda, na divulgação de produtos alimentícios com altos teores de açúcar, conservantes, as marcas de bebidas investindo altas verbas para divulgar seus produtos na busca de aumentar as vendas, e por consequência o consumo de produtos por parte do consumidor sofre essa influência de divulgação mercadológica. Com isso o comportamento do consumidor é influenciado em relação aos seus hábitos alimentares, que implica diretamente no consumo de produtos alimentícios nos mais diversos setores dos supermercados. Principalmente em um momento oportuno para conscientizar a sociedade sobre a importância em se ter hábitos de alimentação saudáveis, e que estes hábitos influenciam na qualidade de vida da população, na sua longevidade, como também podem propiciar aos consumidores desses alimentos, um organismo fortalecido e imune contra diversas doenças. O estudo está focando no contexto da seguinte indagação. A) Quais são os alimentos mais saudáveis comprados pelos consumidores nos supermercados na cidade de São Luiz Gonzaga - RS? B) Como se comporta o consumidor em relação a compra de produtos alimentícios disponíveis para a venda nos supermercados da cidade de São Luiz Gonzaga- RS?

 

Orientadora: Sônia Regina Bressan Vieira

Programa: PIBIC/CNPq

Bolsista: Larissa Siqueira de Oliveira

O projeto de pesquisa-Gênero e Violência:direitos humanos também para as Mulheres (2ª edição), vem dar continuidade à questão da visibilidade de gênero na universidade e na sociedade, como espaços de afirmação de cidadania. Reafirma como questão problema o ato de violência praticado contra acadêmica da unidade local, no ano de 2016. Tem como objetivo pensar, coletiva e estrategicamente a questão de gênero e violência contra a mulher, com ênfase ao município de São Luiz Gonzaga e seu entorno, refletindo sobre o como ocorre, com que abrangência e como podem, juntos - gestores públicos, instituições, munícipes-cidadãos e cidadãs - buscar alternativas de combate e diminuição da mesma intervindo na realidade constatada. Frente aos resultados alcançados pelo projeto na sua primeira edição (2016-2018) os quais permitiram, entre outros, detectar o Perfil da mulher em situação de violência em São Luiz Gonzaga e seu entorno- resultado de pesquisa de campo realizada através de dois instrumentos é que está sendo proposta uma nova edição do mesmo considerando a necessidade de continuidade de ações iniciadas, com sucesso, e a necessária aplicação do 3º instrumento de pesquisa. O estudo está alicerçado nos conceitos gênero, mulher, violência e poder tendo como pano de fundo a questão dos direitos humanos também para mulheres, numa concepção teórica formulada na visão de Joan Scott, Georges Duby, Michelle Perrot e Michel Foucault, entre outros. A metodologia a ser observada compreenderá atividades envolvendo pesquisa exploratória quanto aos objetivos, bibliográfica e de campo quanto as fontes de informações e procedimento de coleta e de abordagem qualitativa e quantitativa quanto a natureza dos dados. As fases e subfases de trabalho utilizarão técnicas e procedimentos, como levantamento, análise e sistematização de dados através de entrevistas com questões semiestruturadas, abertas e fechadas com mulheres em situação de violência, tendo, entre outros critérios de seleção, mulheres representantes dos bairros onde detectou-se maior incidência de violência contra a mulher, no município bem como encaminhamentos da Defensoria Pública. Propõe ainda, o encaminhamento à ações de assessoria a essas mulheres através de atendimentos, oficinas e acompanhamento através de ações integradas ao Projeto de Extensão- Núcleo de Estudos e assessoria sobre Gênero, além de fóruns de debates e discussões. Espera-se assim, concretizar entre outros resultados, a efetivação da proposta de encaminhamento a assessoria e democratização de conhecimentos sobre os direitos das mulheres como direitos integrantes dos direitos humanos, articulando ações de pesquisa e de extensão em orientações, no sentido de viabilizar a diminuição dos índices de violência contra a mulher em São Luiz Gonzaga.

 

Orientadores: Tânia Regina Warpechowski e Rodrigo Casales da Silva Vieira

Programa: PIIC/URI

Bolsista: Vera Maria Fontela do Amaral

Tabagismo é o hábito de fumar adquirido por uma pessoa. Por muitos motivos a pessoa começa a fumar, mas com o tempo surge a dependência física à nicotina. Estímulos sociais, comportamentais e culturais também reforçam seus hábitos e determinam a dependência psicológica ao tabaco (NUNES,2011).Os trabalhadores e acadêmicos da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Extensão São Luiz Gonzaga estarão educados quanto aos malefícios do tabagismo e a importância do exercício físico para se evitar e ou cessar com o habito de fumar após um programa de intervenção educacional? Trata-se de um ensaio clínico não controlado e a aplicação de programas de prevenção ao tabagismo em meios acadêmicos e profissionais a fim de se evitar o entendimento de que o habito de fumar pode ser considerado como algo benéfico para se minimizar a ansiedade e o estresse e se aumentar o poder de concentração e, além disso, eles devem se conscientizar de que a boa funcionalidade e qualidade de vida podem evitar o hábito de fumar.